Coração de Jesus

Coração de Jesus

R$38,00 R$32,00

Coração de Jesus – Imagem de 22 cm em gesso com qualidade e tradição.

Categoria: Cristo

Disponibilidade: Em estoque

Referência: 530

Retirada na Loja

Coração de Jesus - Imagem de 22 cm em gesso com qualidade e tradição.

Categoria: Cristo

Disponibilidade: Em estoque

Referência: 530

Retirada na Loja

Peso 650 kg
Dimensões 22 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Add a review

Sempre no mês de junho de acordo com o calendário litúrgico, na sexta feira depois da oitava da festa do Corpo de Deus. A devoção ao Sagrado Coração de Jesus existiu desde os primeiros tempos da Igreja, quando se meditava sobre o lado e o Coração aberto de Jesus de onde jorrou sangue e água. Deste Coração nasceu a Igreja e por ele se abriram as portas do céu. Veneramos nela o próprio coração de Deus. No século XVII estabeleceu-se definitiva e especificamente a Devoção ao Sagrado Coração de Jesus, solicitada pelo próprio Jesus Cristo a Santa Margarida Maria Alacoque. Em 16 de junho de 1675 Nosso Senhor apareceu a ela. Seu Coração estava envolto em chamas, coroado de espinhos, com uma ferida aberta, da qual brotava sangue, e de seu interior saia uma cruz. Santa Margarida escutou o Senhor dizer: ‘Eis aqui o Coração que tanto amou os homens e, em troca, recebe da maioria dos homens só ingratidão, irreverência e desprezo, neste sacramento de amor’. Nosso Senhor, com as seguintes alavras nos diz em que consiste a devoção: amor e reparação. Amor pelo muito que Ele nos ama. Reparação e desagravo pelas muitas injurias que recebe, sobretudo na Sagrada Eucaristia. Entre os documentos mestres encontramos a encíclica de Pio XII, Haurietis Aquas, de 15 de Maio de 1956. Pio XII salienta que é o próprio Jesus que toma a iniciativa de nos apresentar o Seu Coração como fonte de restauração e de paz: “Vinde a mim, todos vós, que estais cansados e oprimidos, que Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mt. 11, 28-30). A igreja católica é por vocação e por missão, predestinada a amar e a corresponder ao amor de Deus manifestado através do coração de seu Filho Jesus. Esse amor deve manifestar-se através de atos concretos na vida da comunidade, e isso é viver nossa vocação de cristão recebida no batismo.

Link com mais informações: